Cultura Pop

Published on março 24th, 2015 | by klozz

0

Você defeca ouro e não sabia.

Segundo geologistas, fezes humanas contém ouro e outros metais preciosos que poderiam valer centenas de milhões de dólares. Encontrar uma maneira de extrair esses metais, poderia ajudar o meio ambiente ao reduzir a necessidade de mineração e diminuir a liberação indesejada de metais no meio ambiente.

“O ouro que encontramos foi no nível de um depósito mineral mínimo”, afirmou Kathleen Smith, da US Geological Survey, após sua equipe descobrir metais como platina, prata e ouro em resíduos tratados.

Um estudo recente realizado pela Arizona State University estimou que os resíduos de um milhão de americanos poderiam conter até 13 milhões de dólares em metais. Confira o estudo clicando nesse link.

“Há metais em todos os lugares – em seus produtos para cabelo, detergentes, até mesmo nanopartículas que são colocadas nas meias para evitar maus odores”.

Smith e sua equipe estão em uma missão para descobrir exatamente o que está em nossos resíduos.

“Nós temos uma abordagem em duas frentes”, explicou Smith. “Em uma parte do estudo, nós estamos olhando para a remoção de alguns metais regulamentados de biossólido que limitam a utilização para aplicação no solo”.

“Na outra parte do projeto, estamos interessados em recolher metais valiosos que poderiam ser vendidos, incluindo alguns dos metais mais importantes tecnologicamente, como o vanádio e o cobre, presentes em telefones celulares, computadores e ligas metálicas”.

Um estudo de oito anos, que envolveu teste mensais de amostras de esgoto tratado, constatou que 1kg de lodo continha cerca 0,4 mg de ouro de, 28 mg de prata, 638mg cobre e 49 mg de vanádio.

Os resultados foram apresentados no 249º Encontro Nacional & Exposição da American Chemical Society (ACS), a maior sociedade científica do mundo, que acontece na cidade de Denver até a próxima quinta-feira.

Fonte: Globo e The Guardian

Tags: , , , , ,


About the Author



Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top ↑